Herbanária

Camaleone

Pin
Send
Share
Send


Camaleone

O Camaleão, ou Carlina Branca (nome científico Carlina acaulis L. 1753) é uma planta herbácea perene pertencente à família Asteraceae, muito comum nas regiões montanhosas da Europa Central. Na Itália, é comum em todas as regiões norte e central, mais raro nas regiões sul, enquanto está ausente nas ilhas. Vegeta em pastagens, ambientes rochosos e prados secos, prefere solos siliciosos e calcários, onde floresce de junho a setembro, até 2.200 m.

Seu nome botânico parece derivar de Carlos Magno: uma lenda diz, de fato, que o imperador o usou para curar seus soldados durante uma praga perto de Roma. Na realidade, a hipótese mais aceita é que o nome deriva da palavra carduncolos (diminuto de cardo, ou "cardo pequeno") pela semelhança com as plantas do gênero "Cardo" (Asteraceae). O nome específico acaule deriva da morfologia da planta: sem caule (caule).

A aparência desta planta é herbácea e espinhosa e é caracterizada por grandes inflorescências brancas, um caule muito curto ou até inexistente (em alguns casos ultrapassa os 10 cm de altura) e, dispostos em uma roseta basal, por folhas que apresentam uma lâmina dividida em vários segmentos espinhosos (de 6 a 8 pares) terminando em espinhos rígidos, com uma superfície foliar levemente peluda. A flor de Camaleone é definida corretamente como uma cabeça de flor (estrutura típica das Asteraceae), uma inflorescência avermelhada composta por inúmeras flores pequenas, sustentada por uma concha de escamas cilíndricas. O envelope, chamado receptáculo, é composto por três tipos de escamas: as externas (e inferiores) são do tipo frondoso, as do meio são marrons e espinhosas e, finalmente, as mais internas (as superiores e próximas à cabeça) são lineares e apontadas para o ápice, acastanhado na base e branco - prateado na página superior, enquanto na página inferior têm veias escuras. Esse é o aspecto morfológico mais impressionante e funcional da planta, pois atrai insetos polinizadores, como abelhas e borboletas, necessários para a polinização.


PROPRIEDADE '

O camaleão é notoriamente considerado uma planta oficinal, não apenas por sua ação drenante e diurética, graças à presença de inulina, mas também pela ação purificadora no fígado e na vesícula biliar, além de antibiótico pelo conteúdo de óxido de carlina. Além disso, também é amplamente utilizado para promover a função digestiva, aliviar as cólicas e em casos de perda de apetite, graças às suas propriedades carminativas e amargas. Porém, como em qualquer extrato medicinal, é necessário moderar a quantidade, pois altas doses podem causar vômitos e diarréia devido à ação irritante na mucosa gastrointestinal pelas substâncias contidas: é, portanto, essencial que

qualquer tratamento terapêutico é realizado sob rigorosa supervisão médica.

Camaleão também é muito rico em magnésio, potássio e cálcio.

Vídeo: Camaleones Telenovela "Entrada HD" Descargar Novela (Outubro 2020).

Pin
Send
Share
Send